Galeria Plexi

 

A Galeria Plexi é um ambiente de arte contemporânea onde potencializa o diálogo entre os artistas emergentes e o mercado da arte e todos os seus desdobramentos.

As produções possibilitam um novo olhar para as Artes Visuais e o Design nacional, com mostras individuais e coletivas que abrangem temas para fomentar a cultura no cenário da arte brasileira.

Nossa proposta também direciona seu foco na consultoria e representação de artistas para o contexto institucional e corporativo, com uma curadoria residente atenta as diferentes linguagens e estéticas e comprometida na convergência desse universo. Possibilitando a formação de coleções e aquisição de obras para a nova geração de colecionadores e o mercado imobiliário.

A Galeria Plexi acredita que juntos somos mais. Aberta para ações de entretenimento, o Espaço Plexi fomenta com outras galerias e curadores convidados para eventos culturais e exposições pontuais que possibilitam o engajamento com o público jovem e consumidor de arte.

 

 
poste-br-site.jpg

Exposição Internacional COLLAGE ART

Convocatória Collagistas
Deadline: 20 Abril, 2019

 

Exposições

_DSF4276.jpg

OMA Galeria ocupa Galeria Plexi

A Espiritualidade é recorrente na obra do artista, a origem do ser humano e sua relação com a criação do Universo. Sua poética parte da narrativa do livro de Gênesis, explorando a relação entre caos e vazio, luz e escuridão, trevas e abismo, e de como o universo é criado e ordenado divinamente por meio da palavra.

_DSF4243.jpg

Degrau de Vidro

A exposição ‘Degrau de Vidro’ explora o comportamento individual a partir de limites invisíveis, usando a tela como limitante, o artista explora sensações e reações possíveis dentro dos limites do eu e ou da sociedade.

 
_DSF4156.jpg

NOT a ROBÔ

Intitulada como "Not a Robô" a exposição é uma análise sensível e visceral sobre os paradoxos da evolução da tecnologia versus a nossa evolução como seres humanos.

Curadoria: KinJin

 
expo plexi ∏ manuel sa (10).jpg

Fragmentos

do Olhar

Clicadas em Brasília, Salvador, São Paulo, Porto e Veneza, as fotografias trazem o olhar de relação entre a presença do edifício construído, a paisagem onde ele está inserido e questionamentos sobre o uso dos espaços, sempre trazendo um recorte do percurso desenhado pelo arquiteto e pequenas rotinas das pessoas.

Curadoria: Anna Barreto