CMV_PLEXI_GALERIA.png
 

Isabel Castro

Isabel de Castro, um corpo errático. Vê pedra em poesia e poesia em pedra. 24 anos, estudou artes visuais na Unesp. Participou de exposições em São Paulo, no Rio de Janeiro, no Paraguai e Uruguai. 

Tem como pesquisa poética principalmente o corpo e as relações que se desmembram dele. Questiona o que é ser mulher e principalmente, o que é ser uma jovem artista mulher. Transita entre modos do fazer - colagens, pinturas, assemblages, performances e foto-performances.